abihgo@abihgo.org.br | +55 62 3223 3175

ABIH-GO participou do ReformBnB em Buenos Aires


Nos dias 04 e 05 de novembro aconteceu em Buenos Aires o *ReformBnb*, evento que reúne a cúpula da hotelaria mundial para discutir o que fazer em relação ao Aluguel de Curta Temporada praticado pelas plataformas, como Airbnb.

Vanessa Pires Morales, hoteleira e presidente da ABIH GOIÁS foi convidada para apresentar o cenário brasileiro deste nicho de mercado em um painel juntamente com Japão, Quebec e Paris. “Percebemos o quanto estamos atrasados em relação a vários países do restante do mundo. É preciso reagir rapidamente, pois os números são alarmantes”, afirma Vanessa.

Na Argentina:

1. As plataformas representam 50% dos quartos disponíveis em todo país

2. Somente Buenos Aires representa 38% do total da oferta do STR de todo país.

No Brasil, apesar de pouca pesquisa, percebe-se que:

1. O Airbnb, maior plataforma de STR no Brasil, tem aproximadamente 220 mil anúncios de quartos e casas no País

2. No ano passado as hospedagens ligadas à companhia atenderam 3,8 milhões de pessoas, 71% mais que em 2017

3. O Airbnb estima que as transações movimentaram R$ 7,7 bilhões na economia brasileira, 92% mais do que no ano anterior, considerando a renda obtida pelos proprietários de imóveis e os gastos locais dos hóspedes

5. Se apenas o Airbnb recebeu em 2018 3.800.000 hóspedes e a Hotelaria 150.000.000, então a plataforma abocanhou 2,5% dos hóspedes.

Vanessa chama a atenção “Diante destes expressivos números, podemos concluir que hoje o Airbnb representa 29% do total das opções de hospedagens do país, ou seja, os hotéis já perderam muito mercado e ainda perderão mais se não acompanharem as tendências, inovações e, principalmente, se não acompanharem o perfil de vida e consumo das novas gerações”.

Voltar